in

Deliciosa Pizza Caseira

faça uma deliciosa pizza do conforto da sua casa

Ao invés de sair por aí comprando uma massa pronta, que pode até ser prática, que tal experimentar uma massa, mas gostosa, fazendo no conforto da sua casa?

Você sabia que a pizza tem uma história bem antiga e foi consumida pelos antigos egípcios, gregos e romanos?

Nos anos 1700s os napolitanos, por exemplo, requeriam comidas baratas que podiam ser consumidas rapidamente.

Essas eram as primeiras pizzas, repletas de tomates, queijos e azeite, vendidas na rua informalmente.

Como você percebe as pizzas tem uma longa história e é um delicioso prato saboreado por milhões de pessoas ao redor do mundo.

Essa receita que você fará agora é simples e já foi repassada por vários cozinheiros sendo famosa por seu sabor.

Com certeza fica difícil bater uma velha e boa comidinha feita em casa.

Para fazer essa pizza leva apenas alguns ingredientes simples.

Contudo, atenção, você vai demorar para fazer essa receita um bocadinho, pode ser que só coma essa pizza amanhã.

Mas vai valer a pena.

 

Receita para 4 pizzas médias

 

Massa:

2 xícaras e meia de água morna (para ativar o fermento)
2 colheres de sobremesa de Fermento seco para massas
1 colher de sobremesa de Açúcar (comida para o fermento)
1 colher e meia de sobremesa de Sal (paradar sabor)
7 xícaras de Farinha de Trigo
6 colheres de sopa de Azeite de oliva

 

Instruções:

 

Muito bem vamos preparar primeiro o fermento, ativando-o.

Em uma jarra coloque a água morna (dá para colocar do dedo e não é nem super quente, nem super fria).

Coloque o açúcar e o fermento seco para massa. Dê uma mexida e se certifique que tudo está bem hidratado.

E então você vai ver que seu fermento vai começar a produzir um pouco de bolhas, e apenas significa que está meio vivo.

Se você por acaso não ver nenhuma ação, nenhuma bolha, significa que seu fermento está velho.

Jogue fora e comece novamente com fermento fresco.

Separe essa mistura.

Em uma tigela coloque o trigo e adicione o sal à farinha e não ao fermento porque o sal da mistura de água retardará a produção de fermento.

Por isso queremos ter certeza de que estamos adicionando àquela mistura só mais tarde, uma vez que o fermento já estará ativado.

Agora na tigela de trigo e sal vamos adicionar azeitona extra virgem no meio e ir colocando aos poucos a mistura de água, açúcar fermento.

É mais fácil em uma tigela porque não vai fazer uma grande bagunça enquanto você homogeniza a massa.

O que estamos tentando fazer é apenas hidratar tanto da farinha quanto pudermos.

Uma vez que estamos seguros de que não vamos esporrar água ou farinha por todo lado, podemos jogar a massa em cima do balcão e começar a amassá-la.

Amassar é algo importante, é uma daquelas coisas que você pode até não fazer o suficiente.

Por isso coloque um temporizador e amasse a massa por 10 minutos até que ela fique bem brilhosa e macia.

E o que você vai fazer é apenas rolar a massa cima de si mesma e depois a empurrar para frente.

Você não está tentando rasgar a massa, o que você está realmente está fazendo é rolando a massa e assegurando que todas as partes estão sendo incorporadas.

Você saberá que terminou quando você pressionar e ela voltar imediatamente.

Agora você vai preparar para deixar a massa descansando, e você pode puxar as laterais da massa de fora para dentro de forma a fazer uma bola.

E a vire de cabeça para baixo.

Separe uma tigela para a massa descansar e coloque azeite de oliva para não grudar no fundo e também cubra a massa com azeite.

Coloque a massa para descansar por 1 hora ou um dia inteiro coberta com papel plástico filme.

Quanto mais tempo, maior a fermentação.

A massa deve estar gigante nesse ponto e até mesmo irregular.

Coloque agora a massa no balcão salpicado com trigo e amasse com os dedos trazendo das pontas para o centro até formar uma bola novamente.

Separe em quatro com uma faca e faça pequenas bolinhas.

Guarde se quiser os outros três pedaços e salpique com trigo o que vai usar cobrindo com um pano de cozinha limpo.

Deixe descansar para crescer por mais uma hora.

E vá preparando o resto da receita.

 

Forno:

 

É importante que seu forno esteja o mais quente possível, assim como o suporte onde vai sua pizza.

Deixe o suporte dentro do forno enquanto prepara a pizza.

Ligue o forno no máximo e aqueça com o suporte da pizza dentro do forno.

Esse suporte pode ser um próprio para pizza ou mesmo um improvisado virando o lado fundo de uma bandeja grande de forno para baixo.

 

Molho:

 

Tem muitas opções de molho já pronto, mas o melhor mesmo é usar tomates maduros fresquinhos e colocar na frigideira sem pele e semente junto com sal.

Só fazendo isso o tomate já vai se desmanchando.

Caso queira deixa homogêneo, é só bater com um blender ou no liquidificador.

Outros ingredientes:

Você pode fazer a pizza no sabor que quiser, colocar um queijo ralado em casa mesmo (é melhor) ou, se você é vegano pode fabricar seu próprio queijo com levedura nutricional.

O recheio da pizza pode ser do mais simples com queijo e manjericão a mais elaborada como com frango e catupiri, quatro queijos ou uma pizza vegetariana com abobrinha, berinjela e tomate seco.

Aqui vai do seu gosto, paladar e criatividade!

Você pode até ao invés de fazer pizza salgada fazer uma doce de brigadeiro ou doce de leite.

O que você gosta numa pizza?

Qual recheio prefere? Me deixa saber nos comentários.

 

Preparando a pizza:

 

Depois da pizza descansar é hora de abrir a massa, e você pode usar seus dedos e suas mãos e até mesmo a beirada da mesa para ir abrindo a massa.

Depois prepare uma superfície de preparo e transferência como uma tábua de madeira.

Coloque um pouco de farinha para a massa não grudar e seja rápida preparando os toppings.

Coloque o molho de tomate, queijo e/ou outros ingredientes que vão derreter ou cozinhar mais no forno.

Agora transfira a massa para a superfície que está dentro do forno já bem quente.

Acompanhe a pizza crescer e ficar dourada, esse é o aspecto que você deseja, douradinha, crocante e com queijo meio torradinho.

Retire a pizza e coloque outros ingredientes secos como azeite, parmesão, tomate seco, manjericão, etc.

Agora é hora de comer!

Curtiu essa receita?

Então comenta com a gente como saiu sua pizza caseira.

What do you think?

1k Points
Upvote Downvote

Written by Aline Castiel

Criadora de Conteúdo e coach de Mentalidade de Sucesso que adora aprender mais sobre a vida e diversos tópicos, experimentando novos conhecimentos e compartilhando com o maior número de pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Como limpar sua casa de forma rápida e eficiente

O que Fazer quando a Criança Desobedece?