in

Exu da Grande Rio foi a sensação do Carnaval do Rio de Janeiro, e você o que achou? 

a ganhadora do título deu o que falar.

 

A apresentação da Grande Rio foi considerada Impecável por muitos do ponto de vista artístico e de sua própria concepção. 

O ator Demerson Dalvaro interpretou Exu que devorava a oferenda, chamada Ebó em yoruba.

A homenagem ao deus afrobrasileiro Exu  ganhou o título do Carnaval do Rio de Janeiro, mas também foi objeto de polêmica. 

A questão é bem delicada mas alguns grupos religiosos se sentiram ofendidos com algumas passagens da apresentação da Grande Rio, como a da aparente encorporacão ou transe coletivo.  

E também com relação a quem pode ou não pode falar de Exu. 

O fato é que as tradições afrodescentes, nelas inclusas as religiosas, tem sido marginalizadas há muito tempo. 

E a escola Grande Rio buscou destacar através de música, figurino e carros alegóricos as culturas africanas que veneram Exu. 

As religiões afro-brasileiras têm sido atacadas pelas igrejas evangélicas, que costumam rotular as divindades afro-brasileiras como demônios.

 

A polêmica 

 

A Grande Rio, sediada no bairro de Duque de Caixas, disse queria mostrar um lado mais positivo das religiões afrobrasileiras mas deu o que falar, como sempre quando o assunto é religião.

O diretor criativo da escola disse “Concebemos nosso desfile como uma defesa de nossas crenças contra o racismo religioso e a demonização de Exu”. 

Só que para quem é evangélico o próprio Carnaval é quase como uma comemoração Demoníaca. 

O pastor Júnior Trovão criticou a realização das festas e que a igreja precisa orar e jejuar mais. 

A menina de 11 anos que morreu impensada por um carro alegórico foi até envolvida em comentários de grupos totalmente contrários a essa representação da expressão religiosa. 

 

Retorno após cancelamento 

 

O desfile havia sido cancelado no ano passado por causa da pandemia de Covid-19 e o evento deste ano deveria ter ocorrido durante o carnaval de fevereiro.

Mas foi adiado devido ao impacto de uma nova variante do coronavírus que se espalhou pelo Brasil no início deste ano.

Doze escolas de samba, representando diferentes comunidades da cidade, competem todos os anos no Sambódromo do Rio pelo prêmio principal.

 

Quem é Exu? 

 

Exu é considera o orixá guardião da comunicação e faz parte das religiões originárias da África, como Candomblé e da Umbanda. 

Ele é uma das entidades mais conhecidas e cultura das por quem é adepto dessas  religiões no Brasil.

Para quem é familiarizado com linguagem espiritualista, o Exu também tem uma ligação direta com várias dimensões. 

Nesse espectro, os Exus podem ser considerados guardiões e protetores que resgatam espíritos que pedem ajuda e se encontram em regiões umbralinas. 

Tem a força e capacidade de transitar entre dimensões. 

Exu é visto, assim, também como uma divindade que recebeu a missão de fazer a comunicação entre os seres humanos e o plano divino. 

Por ser uma entidade de grande importância, ele representa o começo da comunicação. 

Por essa razão, quando se iniciam rituais ou trabalhos religiosos, é bem comum que se realize uma reverência ou oferenda especial para Exu.

São predominantes as cores vermelho e preto ao representar Exu. E essas são as cores usadas em oferendas e trabalhos. 

E por conta da cultura ocidental associar cores escuras a tendências demoníacas, existe essa dificuldade em compreender essas representações da cultura. 

Exu se apresenta com algumas características que são típicas das reações da natureza humana e sua imagem perante os adeptos reflete proteção, justiça, paciência, força e disciplina na perseguição de objetivos. 

A ambiguidade e a pluralidade de sentimentos também são características humanas presentes em Exu, já que transita entre o que é considerado bom e mau.

E quais são os traços de personalidade comumente associados a Exu? São a proteção, a disciplina e a proteção cão dos caminhos e a paciência. 

O orixá é tido como um protetor fiel das pessoas que o cultuam que são agradecidas por sua proteção.

 

Dia da semana e data comemorativa

 

O dia da semana que é atribuído a Exu é a segunda-feira e o seu dia comemorativo é treze de junho. 

A data faz com que, ao se comparar com a religião católica, Exu seja associado ao santo Santo Antônio.

 

Oferendas a Exu

 

Sabia que é comum que as oferendas para Exu sejam feitas em encruzilhadas ou cruzamentos de ruas? 

Se lembra que, afinal, ele transita entre dimensões. 

Esse corrente hábito corre porque a encruzilhada é representativa de uma conexão entre coisas diferentes, bem como o  é a conexão entre mundo diferentes, como o terreno e o espiritual. E essa conexão é função de Exu. 

Conforme as práticas religiosas, Exu te ajuda a conquistar objetivos ao te auxiliar a vencer os obstáculos. 

 

Opinião

 

A opinião da redatora é que existem muitas coisas que não compreendemos bem, mas que temos sinais da existência. 

Dessa forma, os simbolismos muitas vezes são perdidos em meio a pré-concepções sobre o que é divino e demoníaco. 

Dito isso, minha opinião particular é que existe um mundo espiritual e ele é representado de diversas formas em todas as religiões. 

Para mim, Exus são guardiões que ajudam pessoas que foram parar em regiões trevosas e pedem ajuda, pois não conseguem sair sozinhas. 

Não é difícil associar esses espíritos com um policial a paisana. 

Se você for antenado o suficiente saberá filtrar aquilo que te serve e deixar passar aquilo que não ressona com você.

É possível extrair o lado bom de tudo e perceber que tipo de informação te faz crescer mais. 

Para mim particularmente o Carnaval não encanta tanto. 

Acho belíssimas as produções, mas não é uma festa que me toca muito participar. 

O que não significa que você não possa aproveitar e ponderar se te faz ou não bem. 

Abrace as culturas MAS também perceba as informações que chegam até você de todos os ângulos. 

Você precisa beber para falar o que pensa? Precisa sempre mostrar o corpo para se sentir mais bonita? 

Todos nós devemos ter orgulho de nossos corpos e nossa experiência, contudo, se você  apenas se sente orgulhosa ao mostrar um pedaço do corpo, aí está o problema. 

Existem muitas pessoas tirando proveito tanto da fé alheia quanto do politicamente correto, buscando confundir a cabeça quanto ao que é ou não é interessante fazer. 

Filtre o que você assiste, escuta e é incentivado a fazer. 

Escute a voz que vem de dentro e jamais faça o que não deseja em busca de validação  porque alguém disse que isso é ser livre. 

A liberdade começa no pensamento. Pense por você! 

Você assistiu o desfile? 

O que você pensa sobre tudo isso? Nos deixe saber nos comentários!

What do you think?

Written by Aline Castiel

Criadora de Conteúdo e coach de Mentalidade de Sucesso que adora aprender mais sobre a vida e diversos tópicos, experimentando novos conhecimentos e compartilhando com o maior número de pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

Como Remover Manchas Amarelas de Camisas Brancas

15 sinais de que você pode estar grávida